Pesquisa de palavra-chave: Dicas básicas e avançadas

BF Digital Search > SEO > Pesquisa de palavra-chave: Dicas básicas e avançadas

Uma estratégia moderna de palavras-chave de SEO deve ser concentrada na intenção e no valor que elas têm para o seu negócio. Vamos compartilhar algumas dicas para ajudá-lo com sua estratégia de palavras-chave.

Uma das bases de qualquer campanha de SEO é a pesquisa de palavras-chave.

A pesquisa de palavras-chave normalmente define a análise de estratégia e direção, como análise vertical e de concorrente.

Uma estratégia moderna de palavras-chave não pode mais levar em consideração apenas as palavras que os usuários digitam em uma caixa de pesquisa.

A pesquisa por voz está se tornando uma consideração integral de nossas estratégias de palavras-chave.

Embora isso tenha um papel a desempenhar na maneira como os usuários descobrem informações, a pesquisa por voz ainda está em seus primeiros dias e dispositivos como o Amazon Echo irão interromper ainda mais o comportamento do usuário e os padrões de compra, afastando esses usuários da pesquisa tradicional, como a conhecemos.

Então, como você define sua estratégia de palavras-chave certa?

Aqui estão algumas dicas básicas e mais avançadas.

1. Noções básicas sobre dados de volume de pesquisa

Ao decidir as palavras-chave a serem segmentadas, o volume de pesquisa é provavelmente uma das métricas que você está usando no processo de tomada de decisão.

Podemos usar várias fontes de dados para obter esses dados, mas é importante que realmente entendamos e apreciemos os dados que estamos tratando.

Historicamente, muitos profissionais de SEO usaram os dados do Google Keyword Planner para estabelecer o volume de pesquisas e descobrir palavras-chave associadas.

No entanto, a ferramenta “Planejador de palavras-chave” não foi projetada para SEO.

A ferramenta foi projetada para anunciantes pagos e também foi limitada para contas sem grandes gastos com publicidade.

Os dados não são uma figura puramente orgânica e são mais indicativos do número de pesquisas em que um anúncio pago aparece.

As equipes do Google ADS e de pesquisa são, na verdade, equipes separadas.

Sabendo tudo isso, qual é a utilidade do Planejador de palavras-chave como ferramenta de pesquisa de palavras-chave?

A resposta para esta pergunta é: um tanto quanto limitada!

O planejador de palavras-chave do Google não revela nada inovador. Ele pode fornecer algumas palavras-chave e frases de pesquisa associadas, mas não ajuda em consultas de cauda mais longa .

Não são muitos os anunciantes que oferecem lances nas consultas de trilha mais longa, tão pouco ou nenhum volume de pesquisa é mostrado para elas.

Dica: use o Google Keyword Planner apenas como indicativo. Se o volume de pesquisa for alto, suponha que seja uma consulta popular, pois não há fumaça sem fogo. No entanto, você não deve escolher palavras-chave apenas com base no volume de pesquisa.

Aqui na BF Digital Search, por exemplo, realizamos pesquisas de palavra-chave que refletem a intenção do usuário para o negócio de nossos clientes. Desta forma tornamos as estratégias mais assertivas e que realmente tragam o tráfego que converta.

2. Compreendendo a intenção de pesquisa

Seguindo o que dissemos anteriormente, a intenção de pesquisa é algo que os mecanismos de pesquisa hoje são capazes de entender de maneiras que nunca poderíamos imaginar há dez anos.

Devemos reconhecer isso e compreender totalmente como isso afeta nossa estratégia de palavras-chave.

Explicar a um cliente que a classificação para uma palavra-chave com um volume de pesquisa de 4.000 é mais benéfica do que uma com um volume de pesquisa de 50.000 não é uma tarefa fácil.

Mas nosso trabalho não é gerar mais tráfego ou classificações mais altas – é gerar dinheiro na forma de vendas, leads , consultas a PDFs e assim por diante.

É aqui que a intenção de pesquisa entra em jogo – bem como a compreensão de que a intenção de pesquisa pode mudar com o tempo, ou mesmo em um instante, devido a eventos do mundo real.

Um ótimo exemplo disso é o mercado de crypto moedas relacionado a palavra-chave [Bitcoin] onde começamos a ouvir com maior frequencia sobre este universo, fazendo com que a intenção de busca mude a qualquer nova notícia divilgada na mídia comum. 

O Google entendeu que o novo interesse de pesquisa vinha do “o que é bitcoin” e, como resultado, mudou seus resultados para trazer páginas menos técnicas, explicando sobre este universo.

Intenção de Pesquisa

A melhor maneira de pesquisar a intenção por trás de suas palavras-chave escolhidas é realizar pesquisas por elas e observar os tipos de resultados que preenchem a Página 1 e os blocos de resultados de conteúdo especial, painéis de conhecimento e snippets em destaque que estão preenchendo a página.

Para consultas com intenção ambígua, o Google tenta fornecer uma gama diversificada de resultados para corresponder a várias interpretações comuns da consulta.

Além disso, a mesma consulta pode produzir diferentes páginas de resultados do mecanismo de pesquisa, dependendo da personalização do usuário (incluindo localização e histórico de pesquisa).

3. Análise de competição de palavras-chave

O Google não classifica as palavras-chave linearmente de 1 a 10 com base em coisas como backlinks, número de vezes que a palavra-chave aparece na página e se a lua está aumentando ou diminuindo.

O processo de classificação do Google é muito mais complexo e leva em consideração uma infinidade de fatores, incluindo a personalização do usuário (como localização e pesquisas anteriores).

Ao observar os sites que já estão classificados para as palavras-chave que você está segmentando, você precisa observar:

  • As páginas classificadas são uma mistura de conteúdo? (comercial, não comercial, formato longo, formato abreviado, tabelas)
  • O conteúdo leva a conteúdo de suporte?
  • O domínio está focado principalmente em conteúdo comercial ou informativo?
  • O domínio representa uma marca?
    • A marca está associada ao tópico de palavra-chave?
  • A marca participa ativamente das atividades de relações públicas e marketing? (não apenas backlinks!)

A partir dessa análise de nível superior, você pode começar a construir uma campanha para seu site e se classificar as palavras-chave alvo.

Conclusão

É hora de parar de falar sobre palavras-chave em grandes volumes, mas em termos de intenção e como elas são valiosas para a empresa.

O SEO é complexo e não existe uma estratégia única para todos, mas existem boas práticas que podem ser implementadas para fornecer resultados consistentes.

Portanto, é importante educar e informar nossos clientes sobre uma estratégia moderna de palavras-chave e explicar por que as coisas são boas (ou ruins) ideias.

Deixe seu comentário

um × 2 =