O que é SEO: como funciona e como fazer SEO?

BF Digital Search > SEO > O que é SEO: como funciona e como fazer SEO?

Você já deve ter ouvido falar que o SEO é essencial quando você deseja aumentar o tráfego do seu site.

Quando você deseja aumentar o volume de clientes que chegam à sua loja , chamadas recebidas e pedidos on-line, você precisa estar visível na Pesquisa Google.

A otimização de suas páginas da web ajuda você a ter uma classificação mais alta e a converter mais visitantes em clientes.

Mas como funciona o SEO?

Neste artigo, você aprenderá sobre o processo usado pelos profissionais de marketing para otimizar seu site para mecanismos de pesquisa como Google, Bing, Yahoo e muitos outros .

Vamos começar aprendendo o que é SEO.

O que é SEO?

Basicamente, SEO significa otimização para mecanismos de busca.

Em sua essência, SEO é o processo de posicionar seu site o mais alto possível no Google quando alguém digita por uma palavra-chave que você considera “core” para o seu negócio (ou o que quer que você venda, promova ou fale).

Quanto maior a classificação do seu site, mais visível é a sua empresa e mais tráfego e vendas sua empresa provavelmente gerará.

Você pode estar um pouco perdido se estiver apenas começando em SEO.

Existem muitos sites, livros e guias (em nosso portal de notícias há uma categoria só sobre SEO) para ajudá-lo a começar. Mas você pode descobrir que muitos recursos oferecem informações conflitantes.

Parte da razão pela qual o SEO frustra tantas pessoas é que ele muda continuamente.

Por quê? um dos principais fatores dessa constante mudança, além de surgirem novas tecnologias dia após dia, são os profissionais que buscam caminhos mais curtos para atingirem seus objetivos.

Além disso, há o fato de que o Google está constantemente atualizando seu algoritmo.

O SEO é uma batalha sem fim para atrair mais atenção ao seu site e convencer o Google de que vale a pena enviar usuários para o seu site.

Como funciona o SEO?

Mas então, o que importa quanto se trata de SEO?

  • É tudo sobre links?
  • A estrutura de uma URL realmente importa?
  • O que é exatamente uma meta descrição?
  • Você realmente precisa produzir um post de blog com 2000 palavras 4 vezes por dia?

Antes de partirmos para algumas técnicas de como fazer SEO, é necessário responder algumas perguntas comumente citadas neste mercado.

SEO está morto?

Particularmente falando sim, o SEO está morrendo, se partirmos da premissa de que estratégias usadas hoje, podem não funcionar amanhã, isso é fato!

Então, embora não esteja, de fato, morto, o SEO está em constante mudança. Se você quer ter sucesso em SEO, você precisa estar disposto a lidar com essas mudanças.

Qual é o fator de SEO mais importante?

Não há um fator específico que se sobressaia sobre outro quando falamos de SEO.

Uma resposta bem comum de se ouvir sobre isso é “depende”. Mas por quê depende, se você parar para analisar friamente, verá que cada tipo de negócio é único, por mais que você e seu concorrente venda produtos iguais, sempre tem algum fator em específico em ambos que os diferencia.

Dito isso, a estratégia que funciona para o seu concorrente pode não funcionar para você e vice e versa.

Pode parecer frustrante mas é a realidade.

Então vamos responder as perguntas do início deste tópico

  • Os links são importantes? Sim, são importantes mas precisam fazer sentido, ter contexto.
  • Você precisa ter links de outros sites apontando para seu site para se classificar no Google? Provavelmente, mas não necessariamente.
  • O comprimento do conteúdo é importante? Podemos dizer que sim, mas um artigo longo que possui uma escrita e experiência de leitura ruim, com certeza não irá superar um conteúdo mais curto mais que foi pensando e escrito para o usuário final.

Podemos escrever diversas perguntas e respostas sobre SEO mas o texto pode começar a ficar muito chato.

Quanto tempo leva para o SEO gerar resultado?

A resposta para essa pergunta é definitivamente depende, lembra a pouco quando comentei que o que pode funcionar para um pode não funcionar para outro, então, é isso!

Somente o Google sabe exatamente como seus algoritmos funcionam, eles lançam atualizações frequentemente e há diversas listas dos fatores de classificação mais importantes.

A verdade é que SEO é um trabalho, dentro do marketing digital, de longo prazo, porém perene. Mas para matar a curiosidade normalmente, SEO começa a dar resultados a partir do sexto mês.

Pode gerar resultado antes? Pode, porém depende muito da estratégia adotada no projeto.

Qual a diferença entre SEO on-page e off-page?

O SEO On-page refere-se a modificações feitas em seu site e que afetam o SEO.

Por exemplo a otimização de título de uma página ou o seu conteúdo.

Já o SEO Off-page refere-se a estratégias de SEO que acontecem fora do seu site, como a criação de links para um conteúdo existente em seu site.

E sobre Link-Building – posso simplesmente comprar links?

Você poderia. Você também pode atravessar uma avenida sem olhar. Ninguém vai te parar. Mas muitas vezes é uma estratégia de SEO ineficaz.

Ao invés de comprar links, recomendo começar criando conteúdo de qualidade, divulgando dados sobre o mercado em que atua através de um infográfico e assim por diante.

Fatores de SEO que são a chave para o sucesso

Agora que cobrimos o básico, você está pronto para por a mão na massa.

Abaixo, abordaremos alguns dos fatores de SEO mais críticos.

Tenha em mente que as tendências de SEO mudam constantemente, e o que funciona agora pode não funcionar em alguns meses.

CTA Análise de SEO para ecommerce BF Digital Search - Contato

Conteúdo relevante e de alta qualidade ganha

Existem muitos fatores técnicos de SEO como estrutura do site, texto âncora, estrutura de URL e assim por diante.

Esses detalhes são importantes, mas a espinha dorsal do SEO é o conteúdo de alta qualidade. Se você acertar, o resto do SEO será muito mais fácil.

Se você deseja estar na primeira página no Google, precisa de conteúdo relevante e bem otimizado que ganhe links, de forma natural.

O que queremos dizer com conteúdo de alta qualidade?

Aqui estão algumas coisas para se ter em mente ao desenvolver conteúdo:

As palavras-chave ainda são críticas, mas o contexto é mais importante. Os rastreadores do Google agora analisam o contexto e procuram palavras-chave secundárias relacionadas que compartilham a intenção do pesquisador.

Inclua títulos claros e ricos em palavras-chave, meta descrições, atributos alternativos, tags H1 e URLs. Esses fatores informam ao Google que seu site é relevante e o ajudam a se classificar.

O comprimento importa, mas a relevância importa mais. O Google diz :

“A quantidade de conteúdo necessária para que a página seja satisfatória depende do tópico e da finalidade da página”.

Em suma, certifique-se de que todo o seu conteúdo seja escrito para as pessoas primeiro e otimizado para o Google depois.

Assuntos de metadados

Metadados são o título e as linhas de texto na página de resultados de pesquisa.

Por exemplo, se você pesquisar no Google [quem matou Odete Roitman], aqui estão os metadados que você verá:

Exemplo de metadados em resultados do Google
exemplo de metadado em resultados do Google

Os metadados informam ao usuário o que ele pode esperar encontrar se clicar na página.

Otimizar seus metadados é bem simples:

  • Inclua palavras-chave e variações relevantes, mas não repetitivas, no título e na descrição.
  • Mantenha-o curto, mas não muito curto. O Google corta as meta descrições em torno de 160 caracteres, então procure menos do que isso.
  • Seja claro e conciso para que os usuários saibam o que esperar.

Pense nos metadados como anúncios para o seu conteúdo.

Por que os usuários devem clicar? O que você pode dizer a eles?

Use a meta para incentivar cliques, o que direcionará o tráfego e levará a mais negócios.

Links são importantes, mas…

Os links têm sido um aspecto crítico do SEO desde que o Google existe.

Os links funcionam como ‘votos’ informando ao Google que outros sites consideram seu conteúdo útil e relevante.

Quanto mais links relevantes e de alta qualidade você adquirir, maior será a classificação do seu site para termos-chave relacionados.

Em suma, os links ainda são fundamentais para o SEO.

Mas, a qualidade importa mais do que a quantidade.

Se você investir na construção de links como parte de seus esforços de SEO, direcione links de sites populares e relevantes em seu nicho de atuação.

Classificações de Impactos da Experiência do Usuário (UX)

A experiência do usuário (UX) desempenha um papel importante na classificação do seu site no Google.

No entanto, a experiência do usuário depende de muitos fatores, como infraestrutura e layout do site, conteúdo e assim por diante, dificultando a medição.

Se você quer ganhar em SEO, UX deve ser uma prioridade.

Aqui estão algumas práticas recomendadas a serem seguidas:

  • Acompanhe métricas internas como tempo na página, CTR e taxa de rejeição. Esses sinais não são fatores diretos de classificação, mas otimizar seu site para um alto engajamento pode ajudar indiretamente. Essas estatísticas podem informar sobre o desempenho do seu conteúdo. Usuários felizes, Google feliz.
  • Torne seu site fácil de navegar. Melhore a navegação do seu site para garantir que os usuários encontrem rapidamente a página que estão procurando. A abordagem “quanto mais simples, melhor” funciona perfeitamente aqui. Barras de navegação, menus suspensos, links internos e uma pesquisa no site ajudarão.
  • A velocidade do site importa muito. Seu site deve carregar em menos de dois segundos em um mundo ideal. Compressão de imagem, otimizações de código e estrutura e servidores mais rápidos ajudarão. Comece com a ferramenta PageSpeed ​​Insights do Google para ver como está a velocidade do seu site.

À medida que o Google se torna mais inteligente, o UX provavelmente desempenhará um papel ainda mais importante no futuro.

Portanto, agora é a hora de aprender o básico e implementar as práticas recomendadas em seu site.

O mobile importa mais do que nunca

Em 2018, o Google mudou para a indexação mobile-first, o que significa que o mecanismo de pesquisa usa versões móveis do seu site para classificar seus sites em seus resultados.

O movimento do Google faz sentido porque mais de 50% do tráfego mundial é gerado a partir de um dispositivo móvel.

O que isso significa para SEO?

Primeiro, o Google sugere investir em design responsivo. Você deve tornar seu conteúdo consistente em computadores e dispositivos móveis e garantir que seu site carregue rapidamente em dispositivos móveis e computadores.

Em suma, você precisa melhorar seu jogo ou site para celular para ficar na parte superior dos resultados de pesquisa do Google.

Não ignore a pesquisa por voz

Quando se trata de voz, há muitas informações conflitantes por aí.

O Google disse, em 2016, que as pesquisas por voz representavam cerca de 20% de todas as pesquisas realizadas no aplicativo do Google.

No Brasil, uma pesquisa da consultoria Ilumeo revelou que o uso de dispositivos com comandos de voz aumentou 47% durante a pandemia. O levantamento mostrou ainda que 52% dos entrevistados percebem um valor agregado a aparelhos que disponibilizam esse tipo de tecnologia e até estariam dispostos a pagar mais por ela. 

Apesar dos dados a maioria dos profissionais de marketing não têm planos de otimizar a pesquisa por voz.

A pesquisa por voz é importante? Sim.

A pesquisa por voz cresceu em popularidade e provavelmente continuará a fazê-lo. Não deve ser sua prioridade número 1 em SEO, mas faz sentido começar a otimizar para pesquisa por voz.

Aqui está o porquê:

A maioria das estratégias de otimização de busca por voz também faz sentido para busca semântica.

Aqui estão algumas etapas para ajudar a otimizar seu site para pesquisa por voz:

  • Use linguagem natural no conteúdo e responda a perguntas.
  • Otimizar para snippets em destaque (falaremos sobre isso em outro artigo).
  • Crie e marque uma página de perguntas frequentes (use esquemas de perguntas e respostas).

A otimização de pesquisa por voz não é obrigatória no momento, mas as otimizações de pesquisa por voz fazem sentido para o Google em geral e podem lhe dar uma vantagem no futuro.

3 dicas para realmente ter sucesso em SEO

Existem dois tipos de conselhos de SEO: o material técnico que abordei acima e os princípios básicos de SEO. As coisas técnicas vão mudar, mas essas dicas de SEO resistem ao teste do tempo.

Se parecer obscuro, provavelmente vai te queimar

Você já deve ter ouvido falar em SEO Black hat , White Hat e Grey Hat.

SEO Black hat refere-se às práticas que são totalmente contra os termos e boas práticas de serviço do Google.

Como por exemplo, construir 10 sites e interligá-los para fazer o Google pensar que seus sites de bitcoin ruins são legítimos.

É aqui que entra a sigla PBN (Significa Rede de Blogs Privados).

Depois, há um Grey Hat, que pode não estar tecnicamente errado, mas caminha em uma linha fina pendendo para o Black Hat.

O White Hat está acima do tabuleiro, SEO totalmente legítimo. Alguns argumentaram de forma convincente que uma técnica White Hat não é mais a mesma coisa.

Muitos profissionais de SEO andam na linha do Grey Hat. E muitos deles se queimam.

Para ter sucesso em SEO, você precisa fazer as coisas da maneira certa.

Se algo parecer errado – como comprar ou vender links – provavelmente vai te queimar e torpedear suas chances na pesquisa.

Confie em mim. Não vale a pena o risco a longo prazo.

Leia especialistas reais

Existem muitos “especialistas” em SEO.

Alguns deles afirmam levar você ao topo da primeira página do Google “garantido!” resta saber de qual jeito isso é feito.

Outros não fazem SEO, mas escrevem muito sobre isso. Certifique-se de que suas fontes são confiáveis.

Leve tudo o que você lê com um grão de sal, porque nada é universal.

Como disse anteriormente neste conteúdo: “O que funciona para um site de comércio eletrônico em tecnologia não necessariamente funcionará para uma loja de suplementos”.

Preste atenção ao que vem do Google diretamente de pessoas como John Mueller e Gary Illyes.

Teste, teste e teste novamente

SEO é determinar o que funciona para o seu site em seu setor com base em seu cenário exclusivo.

A única maneira de descobrir isso é testar – e continuar testando repetidamente.

Se você estiver usando táticas obscuras, todo o seu trabalho pode ser desperdiçado se a atualização mais recente do algoritmo do Google mudar as regras e isso acontece com mais frequência do que se imagina. Mas se você aplicar as melhores práticas de SEO e testar consistentemente, poderá estar preparado para quando os ventos mudarem.

O teste é uma parte eterna de qualquer estratégia de SEO bem-sucedida.

Conclusão

SEO está em constante evolução.

Todo profissional de SEO adoraria encontrar a fórmula mágica que leva seus sites ao topo das SERPs (página de resultados de busca) e os mantém lá para sempre.

Infelizmente, SEO não funciona dessa maneira.

Existem regras e práticas recomendadas, mas o núcleo do SEO é descobrir o que funciona para o seu site ou cliente e alterá-lo quando parar de funcionar.

Meu conselho final é este:

  • Fique de olho em seus concorrentes;
  • Siga as melhores práticas recomendadas pelo Google e outros buscadores;
  • Teste o quanto puder com a finalidade de identificar o que funciona para o seu site.

Deixe seu comentário

6 − 3 =